AE Patrimônio

O sonho do imóvel próprio com certeza faz parte da vida de muitos brasileiros. No entanto, por ser um momento tão importante, é necessária certa cautela para fazer a escolha correta do local onde você e sua família irá morar.

Assim, dentre as diversas oportunidades de escolha, e consequentes dúvidas, surge uma que vamos tratar neste artigo – qual é o imóvel ideal para mim: casa ou apartamento?

Elencamos neste texto algumas vantagens e desvantagens que ambos empreendimentos trazem. A partir daí, você decide qual dos dois vai se encaixar melhor em sua vida e atenderá de maneira mais concreta suas expectativas e necessidades. Boa leitura!

Casa ou apartamento? Os tipos de imóveis disponíveis

Antes de falar mais detalhadamente sobre as vantagens e desvantagens de se escolher uma casa ou apartamento, vamos falar sobre os tipos de construções que cada um desses imóveis tem. Isso mesmo: além de escolher entre uma casa ou apartamento, você ainda pode escolher entre a variedade que cada um deles oferece. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um agora.

Apartamentos

  • Kitnet:

É um apartamento bem pequeno, geralmente destinado a quem vai morar sozinho. Suas medidas costumam girar em torno de 20 e 35 m².

  • Studio:

Bem parecido com a kitnet, o studio é um apartamento pequeno e sem divisórias. Considerado mais moderno e bem estruturado, conta com móveis planejados e armários embutidos para otimizar os espaços. Também destinados a quem deseja morar sozinho, são mais caros e normalmente, se encontram em condomínios de alto padrão.

  • Loft:

Outro tipo de imóvel de luxo, nasceu da transformação de imóveis comerciais em residenciais. Bastante procurado por solteiros que gostam de receber muitas visitas. Normalmente, não tem divisórias de marcenaria separando um cômodo do outro – as mesmas, costumam ser feitas de drywall.

  • Flat:

Mais um apartamento de dimensões menores, que, no entanto, conta com serviços de hotelaria. Normalmente, os moradores de flat também tem a disposição serviços como café da manhã, lavanderia e restaurante. É possível alugar um flat por espaços de tempo menores, como meses ou até dias, como em um hotel.

  • Cobertura:

O apartamento localizado no último andar do prédio é também o mais valorizado, e muitas vezes, cobiçado. Além de oferecer uma vista privilegiada, também tem dimensões maiores do que os demais. Por outro lado, é mais caro e exige taxas maiores.

Casas

  • Casas comuns:

São as residências comuns que vemos por aí, situadas em meio aos centros urbanos.

  • Sobrados:

Construções que são, basicamente, casas com dois pavimentos. Normalmente, o primeiro andar é construído como um complemento ao térreo, não tendo feito parte do esboço inicial. Mas hoje em dia é muito comum projetos que já levam em consideração a construção completa do sobrado desde o início.

  • Condomínios Fechados:

Opção com padrão mais alto, que oferecem um pouco mais de segurança e opções de sociabilidade como áreas de lazer comuns. Devido ao crescimento da violência nos meios urbanos, se tornou uma saída, por contar com segurança privada – claro, a custos mais altos.

  • Sítio:

Opção indicada para quem deseja fugir dos meios urbanos e quer um contato maior com a natureza. Com muito espaço, é ideal para criação de animais e cultivo de plantas dos mais diversos gêneros. Também costuma ser uma segunda opção para quem já tem um imóvel e deseja fugir, de vez em quando, da rotina da cidade.

  • Chácara:

Afastados dos centros urbanos, trazem um pouco da tranquilidade do campo, embora não sejam tão rurais quanto os sítios. São indicados também para quem deseja ter uma fonte de renda extra com a locação para realização de eventos, festas e confraternizações.

  • Casa de Praia ou Casa de Campo:

Quem deseja comprar uma casa de praia ou casa de campo normalmente pretende utilizar este imóvel como segunda opção. Ou seja: a pessoa já tem um imóvel onde mora, e pretende utilizar essa segunda opção para desfrutar de períodos de férias, feriados ou fins de semana.

Hora de escolher: casa ou apartamento?

Agora chegou a hora de pesar na balança quais são os pontos positivos e negativos de se escolher uma casa ou apartamento para morar. tenha bem claro em mente quais são suas necessidades, seu orçamento e pese bem as características de um ou de outro para saber qual das opções vai se encaixar melhor em sua vida.

Vantagens e desvantagens do apartamento

Morar em apartamentos não é para qualquer um, uma vez que por se tratar de um ambiente com um convívio social bem maior e mais próximo, são necessárias algumas regras. Assim, é preciso encaixar seu estilo de vida com o daquele prédio onde você pretende viver.

Receber pessoas altas horas da noite, realizar festas, som alto e animais? Talvez este não seja o local certo para você, embora existam exceções – locais próprios para festas, ainda que respeitando um horário; alguns animais são aceitos.

No caso de famílias com crianças, pode ser uma boa escolha, uma vez que os pequenos terão um convívio bem próximo a outros de sua idade.

Mas o que mais chama a atenção de quem deseja morar em apartamentos é a segurança: seja por ficarem localizados em prédios que contam com guaritas, segurança particular e afins; seja pelo fato de que a própria vizinhança acaba se vigiando, por estar mais próxima.

Portanto, quando pensar em um apartamento, se lembre de levar em consideração:

  • Segurança;
  • Maior convívio social;
  • Respeito às regras;
  • Áreas de lazer e convivência;
  • Alguns prédios não cobram água, gás e/ou energia elétrica (inclusos na taxa de condomínio);
  • Geralmente, são bem localizados.

Vantagens e desvantagens de uma casa

Há alguns tipos de pessoas que só vão conseguir viver em casas, uma vez que os ambientes proporcionados pelos apartamentos não condizem com sua maneira de levar a vida. Além do espaço que as residências comuns proporcionam, há uma sensação de individualidade maior, o que resulta também em mais privacidade. E esses são itens que muitas pessoas não abrem mão de jeito algum.

Também encontramos moradores que consideram seus animais de estimação parte da família, por isso, se desfazer deles não está em cogitação. Assim, uma casa térrea com um bom quintal é o mais indicado.

Essa característica, aliás, é bem importante para quem gosta de reunir os amigos, familiares e fazer aquela festa sem se preocupar tanto em incomodar os vizinhos.

Assim, se adquirir uma casa está em seus planos, leve sempre em consideração:

  • Espaço maior;
  • Mais privacidade;
  • Liberdade;
  • Menos preocupação com barulho;
  • Nada de taxas de condomínio;
  • Mais facilidade para ter animais de estimação.

Depois de tudo isso, nós podemos afirmar que não há um imóvel melhor do que o outro, mas sim quais condições fazem de uma casa ou apartamento uma opção mais viável para cada caso específico.

Portanto, analise friamente todos os pontos levantados aqui. E se ainda assim achar necessário, entre em contato conosco para que possamos bater um papo melhor e te auxiliar nesse momento importante. Toda ajuda é válida para que essa escolha, que pode determinar como será sua vida dali em diante, seja feita da melhor maneira possível.

AE Patrimônio

Este artigo foi produzido pela AE Patrimônio. Gostou? Compartilhe suas sugestões e dicas, nossos consultores vão adorar conversar com você. Deixe seu comentário abaixo!

Qual o melhor negócio: comprar ou alugar um imóvel?
26 nov
Dicas

Qual o melhor negócio: comprar ou alugar um imóvel?

Escolher um imóvel para morar já não é das tarefas mais simples. Além disso, existem outras questões que ainda tornam […]

leia mais
Como adaptar o seu pet a casa nova.
18 jun
Dicas

Como adaptar o seu pet a casa nova.

Quando nos mudamos de casa, é normal que assim como nós os animais de estimação levem algum tempo para se […]

leia mais