Apesar da crise, o mercado imobiliário continua sendo muito importante para a economia nacional. Para atender melhor ao seu público-alvo, a corretagem de imóveis está em pleno desenvolvimento de seus serviços.

Nos dias atuais a tecnologia é uma grande aliada deste setor, a mesma oferece diversas ferramentas, com muitas funcionalidades diferentes, que otimizam o mercado.

A seguir vamos mostrar 4 destas novas tecnologias que são consideradas tendências de mercado, confira!

1. Inteligência artificial

A inteligência artificial esta facilitando um serviço bem complexo do setor de corretagem de imóveis: encontrar a casa ideal para um cliente. O que torna difícil essa busca é a quantidade de detalhes e informações disponibilizadas aleatoriamente na internet.

E, no fim, talvez o consumidor não concorde com o produto oferecido. Mas, para resolver isso, foi desenvolvido o software imobiliário baseado na inteligência artificial, já utilizado por grandes imobiliárias no mundo todo.

Essa solução faz uma busca exata do imóvel do que o cliente deseja. Além disso, o consumidor recebe notificações sobre novos imóveis disponíveis em seu dispositivo eletrônico, e caso ele se interesse, a plataforma facilita o seu contato com o corretor.

2. Relacionamento mais próximo com o cliente

A necessidade de ter uma relação mais próxima com o consumidor fez surgirem os iBeacons (sistema de proximidade indoor via bluetooth). Por meio dessa tecnologia, a corretagem de imóveis pretende encantar seus clientes.

Essa solução tecnológica funciona assim: um consumidor está próximo a um stand de vendas de imóveis em um shopping, ele começa a receber desse local, por meio de seu smartphone, algumas ofertas personalizadas de habitações disponíveis.

Algumas imobiliárias na Europa estão implantando esse sistema nas casas disponíveis, caso um cliente passe em frente a uma delas, receberá uma mensagem no celular informando a disponibilidade de locação. Após conferir as propostas, o cliente é convidado a se dirigir ao stand e conversar com um corretor sobre as opções de produtos. 

3. Big data

Sabemos que existem muitos dados na internet, hoje mais do que nunca e com tanta informação, foi criado o sistema chamado big data 

Através desta ferramenta, é possível uma empresa fazer uma busca minuciosa na internet à procura de clientes em potencial e, após segmentá-los, realizar uma campanha de marketing direcionada exatamente para quem o perfil de cliente que a empresa deseja. 

As possibilidades que o big data apresentam são inúmeras, por isso foram desenvolvidas muitas plataformas com base nesse sistema e configuradas segundo as necessidades de várias áreas, entre elas, a corretagem de imóveis.

4. Valorização do profissional de corretagem

Os corretores de imóveis são peças fundamentais que movimentam o setor imobiliário. Por isso, estão cada vez mais valorizados por empresas que entendem a importância deles.

Para que consigam ter sucesso em seu trabalho, esses profissionais precisam de treinamento, tecnologias que facilitem as suas tarefas e reconhecimento pelo seu esforço.

Algumas instituições implantaram essas ações em seu ambiente interno, gerando um bom relacionamento com esses trabalhadores. Com isso, conseguiram reduzir o seu turnover (rotatividade), tão comum entre esses profissionais.